Viaje sem perrengue: Aparecida do Norte

Oi Gente!!!!

O post de hoje é sobre viagem. Esse fim de semana fui visitar a Basílica de Aparecida do Norte. Já tinha ido há alguns anos atrás, mas vi desta vez várias novidades que quero compartilhar com vocês.

Primeiro quero deixar claro que não vou narrar uma viagem de romaria, mas sim um turismo religioso. Acho que grandes templos que reúnem a fé e desejos bons são sempre lugares ótimos para recarregar a energia independente da sua religião. Em segundo lugar, explico que não fui em bate-volta, fiquei em Aparecida por uma noite, em um hotel bem legal que vou mostrar para vocês no próximo post.

Pegamos um ônibus aqui no Rio, eu e minha irmã, no sábado de manhã em um trajeto que durou 4 horas, mas super tranquilo. Chegamos 12:30 hs e por volta de 13:00 hs já estávamos na Basílica. O local é gigantesco e precisa de bastante disposição, pois tem inúmeras coisas para ver por lá.

Nossa primeira parada foi a sala dos milagres. Na entrada há um pouco de história do encontro da Santa no rio Paraíba e essa bela cruz. A sala possui milhões de objetos de famosos e, principalmente, de anônimos e é forrada de fotografia. Você também pode deixar o seu agradecimento.

DSC_1406

DSC_1408
Tentamos tirar uma self em que aparecesse as fotos ao fundo…não foi muito bom rsrsrsrs

O segundo passo foi a sala das velas, mas infelizmente como calor que estava lá esqueci de tirar fotos 😦  De lá fomos para o caminho que leva a estátua de Nossa Senhora Aparecida, um pequena rampa com muita gente cheia de fé. O local onde a Santa está é muito bonito, valorizando a pequena estátua tão idolatrada no Brasil inteiro.

DSC_1410DSC_1414

Saindo de lá fomos fazer um lanche no subsolo da basílica. Comemos sanduíches deliciosos na Casa do Pão, que pelo que vi na internet trata-se de um projeto social da Igreja. Sanduba bom e com preço justo. Também passei na loja oficial de Aparecida. Tem coisas bem bonitas, mas as que mais gostei foram das bijus, comprei pulseiras, cordões…. ;):) Os preço são salgados nos demais produtos, mas os das bijus achei que valia. Para quem procura lembranças mais em conta, sugiro o “shopping” do centro de apoio ao romeiro, muito mais barato, mas também com qualidade inferior.

Depois do lanchinho foi a hora de visitar a torre da igreja. Você paga R$ 6,00 e tem direito a ir ao último andar da torre e a visitar dois museus com objetos históricos. Confesso que  valeu a pena somente no 1º andar, onde tem uma mostra de objetos ligados a Nossa Senhora, realmente emocionante. No 2º andar a amostra é de objetos religiosos doados, roupas de Papas e um couraça de sucuri no chão que não entendi bem o porquê de estar lá….. A torre tem uma vista legal, mas o Morro do Cruzeiro é melhor. Infelizmente não podemos tirar fotos.

Já dá para imaginar que a essa altura já estávamos mortas. Tínhamos ainda alguns pontos para escolher e preferimos o menos cansativo: o teleférico do Morro do Cruzeiro. O passeio custa R$ 28,00 com direito a teleférico e elevador panorâmico. Adoro andar de teleférico, por isso já valia gastar esse dindin…..O passeio é curto, mas a vista da Basília é bem interessante, recomendo…. A parada do teleférico é na base do Cruzeiro e possui  restaurante e uma vista bem bonita. Subir no elevador faz parte e apesar de não ser uma vista surpreendente tem uma bela visão da Igreja e das montanhas. Na saída você tira fotos de turista kkkkk e pode comprá-las ou não……

DSC_1445
Vista da Basílica de dentro do bondinho
DSC_1424
Vista da Basílica – Base do Cruzeiro

DSC_1423DSC_1422

DSC_1430
Escultura na área de desembarque do bondinho
DSC_1433
Vista do alto do cruzeiro
DSC_1439
O cruzeiro
DSC_1454
Teleférico com cruzeiro ao fundo

Depois de toda essa maratona fomos para a missa das 18 hs. Missa bonita e com um fim emocionante com a passagem de Nossa Senhora. Horário excelente, missa bem mais vazia e chance de fazer self com Nossa Senhora ao fundo. Também é uma excelente oportunidade de ver a Basílica com as luzes acessas e com o céu enluarado e estrelado. Por isso quis dormir em Aparecida.

DSC_1477DSC_1474

DSC_1472
Self com a imagem de Nossa Senhora Aparecida ao fundo

No dia seguinte chegamos por volta de 9:30 hs na Basílica e aí percebemos o que é o domingo em Aparecida. Uma loucura…banheiros cheios, filas enormes nas lanchonetes e uma multidão na passarela da fé. Encaramos a tarefa de ir a igreja antiga. Trata-se de uma igreja bonita, mas pequena em um estilo que lembra as igrejas mineiras, mas sem o luxo característico da época. Do lado de fora muitas lojinhas e muita, muita gente……

Na volta fomos no museu de cera e no cine Aparecida. Primeiro você assiste um vídeo sobre a história do encontro da Santa e seus milagres em um 3 D sem óculos bem legal. Depois você vai para o museu de cera com estátuas muitas bem elaboradas, com expressões incríveis, que parecem vivas, mas não necessariamente parecidas com seus modelos rsrsrsrs . Também aqui temos fotos com cenários ( 1 por 15,00 e 3 por 30,00). Aqui temos algumas.

DSC_1510DSC_1514DSC_1515DSC_1516

Saímos de lá para almoçar e tentar fazer o passeio de barco no Rio Paraíba, mas nos perdemos nas comprinhas e ….perdemos o horário. Fica para a próxima.

Fica a Dica:

  • Evite ir aos domingos;
  • Tente dormir em Aparecida para curtir a paz de depois das 18 hs;
  • Faça um lanche na Casa do Pão;
  • Compre água mineral da garrafinha em formato da Santa;
  • Vá de cabeça e coração abertos, desejando felicidade e o bem. A energia que vai te alimentar é incrível seja você católico ou não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s